// arquivos

ESPECIAL DE CARNAVAL

Este tópico contém 6 posts

Império dos Sentidos, registro histórico (VI)

Hino do Império dos Sentidos (para ser cantado apenas 5 vezes durante os folguedos) Letra e Música: J.Gordinho (1981) Senta, senta na boneca Senta, senta por favor (bis) Que o Império dos Sentidos Vai mostrar o que é o amor, oi Bota mais, bota mais Que ainda dá pra agüentar (bis) Bota mais, bota mais […]

Império dos Sentidos, registro histórico (V)

Ponte Cor de Prata Letra e Música: J.Gordinho* Estão pintando a ponte cor de prata Ih! Que mamata! (bis) Ih! Puta prata! Dizem que já não dá mais Que a velha Hercílio já vai cair Isso me cheira a cascata Que justifique outra ponte construir Estão… * provavelmente composta em 1981 ou 1982 CANTINHO DA […]

Império dos Sentidos, registro histórico (IV)

As confissões de J. Gordinho J.Gordinho faz parte do seleto grupo dos estadistas. Pode- se dizer que tem a inteligência de um Reagan, a lucidez de um Jânio e a sobriedade de um leltsin. Tem um quê de Idi Amin, nas versões preta e branca. A vida de J. Gordinho é uma história de lutas […]

Império dos Sentidos, registro histórico (III)

A Ditadura Não Acabou (discurso em papel almaço, sem data definida -acervo pessoal do Presidente) Companheiras e Companheiros: Neste último dia do Triduo Momesco farei uma retrospectiva das atividades do Império no Carnaval. Apesar da grave situação nacional, o Império deu o seu recado. O povo, esse povo sofrido e espremido pelos caracteres da conjuntura, […]

Império dos Sentidos, registro histórico (II)

CARTAS Protesto Marcolino, fundador; animador; provedor e primeira-dama emérita da alcova imperial, somente aceitará as homenagens previstas se recebê-Ias “pelo conjunto da obra”.Exige, ainda, que o buquê de rosas (de plástico?), que receberá na cerimônia, seja entregue pela prefeita Marta Suplicy ou por sua representante plenipotenciária e extraordinária em Floripa, Vana Goulart. Frank, Agronômica, Fpolis […]

Império dos Sentidos, registro histórico (I)

Neste carnaval vou relembrar, aqui no blog, as memórias imorredouras do grande, enorme, baloiçante e audaz Bloco Carnavalesco Império dos Sentidos. O material que será publicado aqui (discursos do presidente J. Gordinho e letras dos principais sambas, entre outras bobagens), hoje, domingo e segunda, foi retirado do opúsculo, cuja capa reproduzo acima, publicado em 2001, […]

Arquivos