// arquivos

Crônicas

Este tópico contém 4 posts

Faça de conta que a casa é sua

Da série “ai que saudades que eu tenho…” Capítulo de hoje: OS VIZINHOS Hoje somos seres urbanos que vivem a poucos, pouquíssimos metros de pessoas de quem não sabemos o nome e com quem às vezes nem falamos ou cumprimentamos ao encontrar na rua. Tratamo-nos, de uma maneira geral, com o cuidado e a precaução […]

A tainha nossa de cada inverno

Para os florianopolitanos a tainha não é um peixe comum. Não é uma comida como as outras. É uma liturgia, uma seqüência de atos solenes, um conjunto de circunstâncias. Começa pelo frio, pelos dias azuis ventosos do outono. É o primeiro sinal. Não duvido que existam aqueles que coloquem seus primeiros casacos e agasalhos já […]

É a mãe!

Parabéns a todas. As que têm filhos, as que não têm filhos mas exercem a função, as que sonham em ter, as que um dia quiseram mas não puderam, ou tiveram e perderam. Das relações humanas, a que a gente tem com a mãe é uma das mais complexas. É óbvio que assim seja. E […]

Essas mulheres…

Não estava planejando fazer nada do tipo “comemorativo” neste dia da mulher. Mas aí lembrei (talvez tarde demais) que as mulheres detestam essas datas, mas odeiam quando a gente esquece ou não diz nada. Corri à gaveta, retirei um textinho antigo, embrulhei-o em papel de presente e o estou entregando às leitoras do blog, com […]

Arquivos