// você está lendo...

Governo LHS

No banco dos réus… ainda!

Dia 15 na Vara

Nesta quinta, 15, na 3a Vara Civil de Blumenau, aquele moribundo que se arrasta qual zumbi nos escaninhos da Justiça, dará mais um passo. Lembram do caso? A revista Metrópole pretendia ser uma ferramenta auxiliar do grande projeto da descentralização que o PMDB do Luiz Henrique começava a implantar, mas acabou se transformando numa pedra no sapato. Que incomoda muita gente.

Afirmando ter levado um calote estadual, o dono da revista, com a colaboração do editor (Nei Silva e Danilo Gomes) escreveu um livro informando sobre os “serviços prestados” e cobrando publicamente a conta de que acreditam serem credores. Antes de ser publicado, já deu o maior rebu.

Censura

Na história contada no livro “A Descentralização no Banco dos Réus” um dos personagens que fica pior na foto (dentre tantos que também ficam mal) é o vice-governador Eduardo Pinho Moreira. Talvez por isso, partiu dele um dos pedidos para que o livro fosse censurado previamente.

A Constituição brasileira garante a livre expressão, veda a censura a livros e periódicos, mas como as leis são cheias de desvãos e os advogados são pagos justamente para descobri-los, Pinho Moreira encontrou guarida para sua tese censórea.

Claro que também postula uma indenização por “danos morais”. Coisa tão espantosa quanto a censura prévia: afinal, ele (ou seus assessores, com seu conhecimento) concordou em aparecer na revista. Ou não?

Aos inimigos…

Um velho adágio sempre praticado mas raramente admitido é aquele segundo o qual os políticos, uma vez no poder, destinam, aos amigos, tudo. E, aos inimigos, os rigores da lei.

Amigo enquanto publicava, na sua laudatória revista, loas à “força do Sul” e elogiava todos quantos, no governo, pudessem abrir portas para patrocínios, Nei Silva passou a ser inimigo assim que contou detalhes das negociações, tentando cobrar o que achava que lhe deviam.

E aí, claro, começou a comer o pão que o diabo amassou. Perseguido não só pelos vários processos, mas também pessoalmente, por gente que ameaça quem o emprega, Nei sofre agora os “rigores da lei”.

EM TEMPO: ATUALIZE-SE COM O PASSADO!

Ponticelli e a Metrópole

Deputado Joares Ponticelli (julho/2008). Montagem cm fotos do Solon Soares/Alesc

Na montagem acima, reuni dois momentos do discurso do então opositor Joares Ponticelli (PP) sobre o caso. Primeiro, ele leu trechos do livro censurado e depois mostrou a revista, justamente a edição onde a estrela é o Dr. Moreira, “A Força do Sul”. Abaixo, links para alguns posts antigos, que falam sobre esse momentoso assunto: o livro censurado que tanto incomoda o pessoal que participou do governo LHS. É só clicar no título, que se abre o artigo em nova página:

Caso Metrópole: o resumo da ópera (9/7/2008)

A Censura continua (de 28/8/2008)

A censura em discussão (4/9/2008)

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

Comments are closed.

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos