// você está lendo...

Governo Colombo

Pacto? Por que não Marrecto?

Os artistas

Colombo e seu pessoal (Segurança, Saúde e Penitenciárias). Donald é só figurante.

Chega de tristeza, susto e medo. Agora que está tudo sob controle vamos descontrair um pouco e comemorar o sucesso que tem sido, em todos os sentidos, o governo Raimundo Colombo. Principalmente com este fabuloso Pato, digo, Pacto por Toda Santa Catarina.

Pra quem não sabe, Raimundo deu esse nome pomposo para um programa de gerenciamento das obras que o governo considera mais importantes. Há quem aposte que o nome veio do famoso PAC do governo Lula. E há quem garanta que desta vez o PSD vai pra base do governo federal e é até capaz de ganhar um ministério. Mas isso é outro assunto.

TUDO SOB CONTROLE!

O secretário Grubba, da Segurança e seu fiel escudeiro Coronel Marceneiro, comandante da PM, têm aparecido muito na TV nos últimos dias. E a malandragem (eu junto) acaba se divertindo com uma coisa que eles são obrigados a dizer mas que, no contexto, acaba soando engraçado: “está tudo sob controle”.

Naturalmente referem-se ao controle que têm sobre a tropa, sobre as ações das várias polícias e as providências que tomaram para correr atrás do prejuízo. Mas o fato é que não tem como controlar uma guerra de guerrilha. Pode perguntar pros americanos, que sofreram horrores no Vietnã.

Não dá pra prever onde a próxima ação será realizada, nem dá pra descobrir quem faz parte do “exército” da bandidagem. É uma situação complicada, que pode gerar pânico e estimular arruaceiros independentes.

Diante desse quadro e da notória carência de recursos e pessoal, até que as polícias sairam-se razoavelmente bem durante a fase aguda da crise. E se continuarem a trabalhar sério, pode ser que até consigam colocar muita coisa sob controle. De facto.

Mas e o Pacto? Ora, muitas obras e compras estão previstas. Mais de mil veículos com sistema de rastreamento, uma sede nova para a secretaria, novas delegacias e quartéis, etc e tal

Como o Pacto começou a cantar alegremente antes que os ônibus ardessem é possível que agora, depois de ver a angústia do pessoal das polícias, o governador se compadeça e inclua algumas outras coisinhas.

PENITENCIÁRIAS A RODO!

A secretária Ada Lili, da Justiça e Cidadania, está dando pulinhos de felicidade com o Pacto do Raimundo. Terá dinheiro para construir penitenciárias por toda a Santa Catarina, praticamente em cada uma das 36 SDR. Bom, talvez eu esteja exagerando um pouco no número, mas não exagero quando digo que ela se sente muito contemplada com o Pacto.

E ela precisa mesmo de um agrado, coitada. Esses bandidos ingratos, que segundo ela são “limpos e asseados”, resolveram incendiar ônibus e todo mundo ficou achando que era por causa das penitenciárias, que seriam mal administradas pela Ada Lili.

Que nada. Uma comissão do governo federal fez uma vistoria e detectou apenas um punhado de irregularidades. Ada Lili reconheceu que elas existem, mas disse uma frase enigmática: “Da porta para dentro está tudo bem.”

Certamente ela não se referia à porta da cadeia, porque, como ela mesma reconheceu e a comissão apontou, ali há vários problemas a serem resolvidos.

À NOSSA SAÚDE!

O secretário Dalmo Claro, da Saúde, está resolvendo seus problemas de caixa da maneira mais radical: como “todo mundo” entrou em greve e ele mandou parar de pagar quem cruzou os braços, fará uma economia enorme.

Claro que o eleitor/contribuinte catarinense deve estar achando tudo isso uma bosta. Mas não há motivo para tristeza, nem para lamentações. Pensem bem, o que é melhor?

a) um hospital aberto funcionando meia boca, com gente em macas pelos corredores, servidores descontentes sobrecarregados e falta de uma porção de coisa, com risco de alguma infecção hospitalar grave; ou

b) um hospital fechado.

Então, além de economizar o dinheiro do salário dos grevistas, o secretário ainda mantém fechados, ou praticamente sem atendimento, unidades que, quando abertas, só geravam notícia ruim.

Mas voltando ao Pacto: as obras que o Raimundo quer fazer na área da saúde são ambiciosas. Quer colocar policlínicas por todo o estado, para que “nenhum catarinense tenha que viajar mais de uma hora de carro para conseguir atendimento”. E quer consertar os hospitais com problemas. Ou seja, todos. Não é pouca coisa.

Se conseguir encaminhar metade desse plano, é claro que talvez consiga voltar a contratar gente para trabalhar na saúde. Mas aí, vai ter que também voltar a pagar salários e reabrir as unidades fechadas. Mais despesas.

Pra quem acha esquisito fazer tanta festa com o Pacto enquanto estouram crises em todas as áreas e os servidores reclamam dos salários, só tenho uma coisa a dizer: eu também acho!

Legenda: Da esquerda: Governador, Comandante da PM, Secretário da Segurança, Secretário da Saúde, Secretária das Penitenciárias e o Pato Donald.

Fotos: Neiva Daltrozo/Secom (Colombo, Grubba e Marceneiro), James Tavares/Secom (Ada Lili) e Divulgação (Dalmo, foto roubada do site particular do governador Raimundo). O pato é do Walt Disney.

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

  1. O recto seria o do povo…

    Posted by Léo | novembro 22, 2012, 09:32
  2. Vai começas a festa. A festa na gastança. O que eles mais goatam de fazer é comprar viaturas e fazer licitações com cláusulas obscuras e nebulosas. E só para complementar, são festas para assinaturas de carta de intenção, festas para o lançamento de pedra fundamental e as inevitáveis visitas nos canteiros (?) de obras. E as inaugurações? Outra festa, e em geral com as obras inacabadas. E assim, eles fazem a festa, “e nóis dança”.

    Posted by Max | novembro 22, 2012, 09:46
  3. O que vai ter de presídio/penitenciária reformados com contratos emergenciais…

    Posted by Fernando S | novembro 22, 2012, 18:12
  4. Viu a aberração da condecoração do (drome)Dário? Quem bebeu?? http://wp.clicrbs.com.br/moacirpereira/?topo=67,2,18,,,67

    Posted by Patrick Abdalla | novembro 22, 2012, 23:25
  5. Até que a Lili é menos ruim que a original lá de Brusque, certo?

    Posted by lf | novembro 23, 2012, 13:52

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos