// você está lendo...

Mão na botija

Balaio de siri no STF

balaio de siri

Tá tudo grudado


No dia 17 de agosto de 2005, quando essa ilustração aí ao lado foi publicada pela primeira vez aqui nesta coluna, nem havia necessidade de legenda ou qualquer explicação. O assunto estava nos noticiários das TVs, estava na boca do povo, era coisa quentinha.

E, como eu, todo mundo achava que, puxando o fio da meada, acabaria pescando Lula. As ligações eram (e continuam sendo), evidentes para quem quisesse ver. Mas, depois de algum tempo, parece que muita gente preferiu fazer de conta que não houve nada. Ou acreditou naquela história do “eu não sabia”.

Mas aí, em 2012, com um atraso gigantesco, começou o julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF). E as águas turvas que encobriam, nas sombras do tempo, tudo aquilo, foram sendo clareadas. A cada dia de julgamento a leitura enfadonha dos votos refresca nossa memória. E areja a esperança que todos temos, de que os malfeitos não fiquem sem investigação e, se for o caso, punição.

De novo, somos informados que o esquema une uns com os outros, como num balaio de siri. A gente começa puxando um e acaba puxando a fieira toda, cada um preso no rabo do outro. Lá no fundo, fazendo todo o esforço possível para comprovar que não tinha nada com o resto da sirizada, Lula.

Desde 2005 todas as pessoas de boa fé fazem grande esfoço para acreditar que Lula não sabia de nada nem autorizou ninguém a fazer as coisas que agora estão sendo condenadas pela maioria dos ministros do Supremo. Mas não é fácil. E, em alguns momentos parece mesmo impossível.

Bom, o fato é que aconteceu o que se achava que não fosse acontecer: o STF meteu a mão no balaio de siri e está puxando, um por um, os envolvidos nesse esquema que, até o Roberto Jefferson abrir a boca, parecia o crime perfeito. Nem tudo está perdido.

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

Comments are closed.

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos