// você está lendo...

Política

Estante natalina

Privataria Tucana

Ceninha colhida sábado, no Mercado Público de Florianópolis. Foto: Palhares Press

O grande sucesso editorial deste final de ano é o livro “A Privataria Tucana”, do Amaury Ribeiro Jr. (Geração Editorial). E é um daqueles livros que tem mais torcedores (pró e contra), do que propriamente leitores atentos. Para alguns grupos, o fundamental é dizer que são “contra o livro”. Para outros, claro, é questão de honra dizerem-se “a favor”.

Mas o livros, em geral, não são objetos que se prestem a esse tipo de visão maniqueísta e simplória. Mesmo quando tocam em algumas feridas e mesmo quando a biografia de seus autores fornece pano para várias mangas.

Imagino que vocês lembram o fuzuê que aconteceu, aqui em Santa Catarina, quando se começou a falar no livro “A Descentralização no Banco dos Réus”. Os leitores assíduos do Diarinho souberam do caso antes dos leitores dos outros jornais, porque foi aqui, nesta coluna, que o assunto veio a público pela primeira vez.

E o que tem a ver uma coisa com a outra? Ora, podemos começar com esse clima de pró e contra o livro que muita gente assume, mesmo sem ter lido. Além disso, nos dois casos, por causa dos envolvimentos e compromissos de seus autores, o leitor deve munir-se de cautelas extras. E bons filtros para separar a informação nova da requentada e fugir das pontas soltas.

É certo que, num e noutro, há informação a ser avaliada, investigada e levada a sério. E há alguns jogos sendo jogados, certas meias verdades pintadas com cores fortes que a gente, cá de fora, não tem condições de saber como foram parar ali, por que estão ali nem a quem interessa essa coisa dita dessa forma. Pra não entrar de otário, é melhor ficar só olhando de longe.

Mas, assim como o livro-queixa catarinense, esse também deve ser lido. Ah, ia esquecendo: o livro da “Descentralização” foi censurado judicialmente, coisa que embora não impeça a leitura (porque o texto está disponível na internet), sabotou a venda. E jogou, sobre o judiciário, mais uma nuvem de suspeitas. Afinal, a censura prévia é vetada pela Constituição. O que teria levado alguém a assumir o desgaste de uma decisão tão polêmica e impopular como essa?

Bom, embora o título da “Privataria” fale em tucanos, quem também fica mal na foto mostrada no livro é o petismo paulista, com especial destaque para o Rui Falcão, presidente do PT. Que, por falar nisso, vive tentando puxar o tapete do seu companheiro Fernando Pimentel, justamente o ministro da Dilma que esta semana, ora vejam só, está cai-não-cai.

EM TEMPO

Quem não lembra ou nem ouviu falar do “Descentralização no banco dos réus”, pode ler o que escrevi em maio e junho de 2008 sobre o livro que tinha acabado de cair nas minhas mãos:

– Decisão difícil
- Retrato de uma chantagem 1
- Retrato de uma chantagem 2
- Retrato de uma chantagem 3
- Retrato de uma chantagem 3b
- Retrato de uma chantagem (final)
E, mais tarde, em julho: “Não tive um caso com o governador”

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

  1. César, agora fiquei sem entender mais nada. Esse livro está liberado?
    Se “A Privataria Tucana” está liberado por que está proibido “A Descentralização no Banco dos Réus”? A defesa do Nei Silva poderia exigir a liberação, exigindo isonomia etc.
    Ou será que o LHS é mais forte q

    Posted by Luiz Carlos Schneider | dezembro 21, 2011, 16:29
  2. César, agora fiquei sem entender mais nada. Esse livro está liberado?
    Se “A Privataria Tucana” está liberado por que está proibido “A Descentralização no Banco dos Réus”? A defesa do Nei Silva poderia exigir a liberação, exigindo isonomia etc.
    Ou será que o LHS é mais forte do que o FHC?

    Posted by Luiz Carlos Schneider | dezembro 21, 2011, 16:30
  3. Haha… até num post sobre um livro sobre os tucanos dá um jeitinho de falar mal do PT.

    Posted by Hanibal | dezembro 22, 2011, 15:58

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos