// você está lendo...

Leituras online

Dor por escrito

O jornalista Ney Pacheco morreu ontem, no hospital Celso Ramos, de complicações decorrentes de uma cirurgia para reduzir o estômago. A mãe dele, professora de português de várias turmas que passaram pelo curso de Jornalismo da UFSC, é a Regina Carvalho, muito conhecida e respeitada.

A Regina também era obesa e fez essa cirurgia há alguns anos. Segundo ela, a cirurgia salvou-lhe a vida. Por isso, sempre insistiu que o filho também a fizesse. Chegaram a entrar com uma ação na Justiça para que o plano de saúde deles bancasse a operação. Conseguiram uma liminar e a cirurgia foi feita numa clínica particular de Florianópolis.

A partir da operação, nada mais deu muito certo e quando conseguiram transferi-lo para o Celso Ramos, ele já estava em coma. A Regina, mulher forte, registrou as semanas de angústia e a dor materna em crônicas emocionantes, no blog cronicasdaregina2.blogspot.com.

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

Comments are closed.

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos