// você está lendo...

Fala leitor

Respeito para quem merece

Na coluna da última terça-feira falei aqui sobre a “triste vida” dos marajás do serviço público, alguns dos quais aposentados “por invalidez”, mas que continuam, coitados, exercendo atividades normais, como quem se aposentou por invalidez graças a atestados falsos (ou pouco rigorosos).

Mais ou menos no mesmo dia a Aline, uma leitora assídua, fez um comentário falando do suicídio de um dos aposentados e da possibilidade que, agora, sua morte desse origem a uma pensão igualmente polpuda.

Claro que teve gente que achou esse comentário inoportuno e reclamou. Mas ela deu uma resposta que considerei à altura. Por isso transcrevo-a aqui, na íntegra:

“Tomei pedradas ontem, porque perguntei da pensão. O momento da pergunta pode não ter sido o mais adequado. Mas a pergunta foi muito pertinente. Exigem que as pessoas respeitem o ex-aposentado inválido, agora morto, e sua família. Ok. E ele nos respeitou durante todos estes anos? Ele entrou na Justiça pra não refazer os exames. Por que? A família sente a perda, com certeza. É filho, pai, marido. Mas não sabiam de nada? Eu tenho respeito por quem trabalha e morre nas filas dos hospitais por falta de leitos, ou porque as ambulâncias estão paradas, ou porque os médicos que deveriam estar atendendo no hospital estão em seus consultórios particulares, ou porque a Justiça nega que o SUS forneça remédios e tratamento aos que, como meros mortais, recebendo um salário mínimo, não conseguem pagar. Eu tenho respeito pelas mães que carregam seus filhos por nove meses em seus ventres e são abandonadas pelas maternidades, e voltam para casa com um caixão pra enterrar, por falta de atendimento/tratamento/leito/UTI. Eu tenho respeito pelos nossos professores, que precisam brigar na justiça para que a lei seja respeitada. Tenho respeito pelos médicos e enfermeiros do SUS que amam sua profissão acima do dinheiro. Tenho respeito pelos nossos professores, que aturam de tudo dentro das salas de aula e também fora delas. Tenho respeito pelos nossos policiais, que enfrentam os malacos para defender a sociedade. Tenho respeito pelos bombeiros que arriscam suas vidas. Não consigo respeitar quem se aposenta irregularmente por invalidez por problemas no coração e depois corre uma maratona”.

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

  1. Direto nas canelas! E bem dado!

    Posted by Fernando S | outubro 20, 2011, 15:00
  2. Parabens pelo texto…Muitos dias da semana cruzo com uma figura jornalista,caminhando pela Lagoa da Conceição aproveitando os dias de calor e sol…APOSENTADA DA ALESC pelas nãos de um deputado estadual na época…Fico com o estômago embrulhado!!

    Posted by maria mara | outubro 23, 2011, 21:57

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos