// você está lendo...

Recado do editor

Voltei!

Um escocês tão legitimo quanto uísque paraguaio

Um escocês tão legitimo quanto uísque paraguaio

Como avisei no post anterior, saí de férias para uma viagem que acabou durando mais de dois meses (até pareço deputado, ou desembargador, cheio de “recessos” ao longo do ano). Quem quis, acompanhou alguns lances do passeio e dos compromissos familiares pelo Carta Aberta, o blog que reabri justamente para manter a família e os amigos informados. Agora que o Nicolas nasceu, o carnaval passou e a Páscoa já está aí, voltei para esta ilha dos casos e ocasos raros, onde me espera uma tarefa que é, ao mesmo tempo, ingrata e gratificante: ficar de olho na capital.

Na semana que vem volto a atualizar este espaço com alguma regularidade. Mais devagar no começo porque, afinal, a preguiça é um dom de Deus e a gente deve cultivá-la sempre que possível, acendendo velas no altar da procrastinação, uma santa muito milagrosa.

Agora queria dizer uma palavrinha sobre a Escócia e os escoceses. Um belo país, habitado por gente bem humorada, que sabe cultivar suas tradições e tem grande orgulho de sua eterna luta pelo reconhecimento e pela independência. Nunca tiveram grandes vitórias (tanto que continuam até hoje anexados à Inglaterra), mas pelo jeito não se deixaram abater e continuam de pé. Com as saias ao vento e o som agudo (e irritante, depois de certo tempo) de suas flautas de saco (ou gaitas de fole, como nos acostumamos a chamá-las), construiram um lugar que vale a pena visitar. E, pela amostra que tivemos, onde também é bom viver. Tirante, é claro, o clima, que faz com que eles achem o Brasil e seu sol, coisa espetacular.

Os escoceses (e o governo escocês) tratam muito bem dos estrangeiros que lá vivem e trabalham. Minha filha teve um atendimento de primeira durante toda a gestação e agora o Nicolas está sendo também muito bem tratado pelo serviço público de saúde (o SUS de lá). Tudo grátis. E em domicílio, com visitas periódicas de uma agente de saúde (de dois em dois dias nas primeiras duas semanas do nenem e toda semana, depois disso) que pesa, examina, aconselha, treina e tranquiliza. E, se for o caso, encaminha para algum especialista.

Bebedores de porções generosas de cerveja (ales, lagers, stouts e até pilsens), que consomem em copos de meio litro (a tal pint), fabricantes, há séculos, de excelentes uísques, não são famosos por sua culinária, mas isso não tem a menor importância. Nos pubs come-se de tudo, pratos saborosos sempre dieteticamente incorretos. E, ao contrário do que suas cidades de granito cinza e céu idem possam sugerir, festejam bastante.

Escolhi o video abaixo para agradecer aos escoceses pela acolhida e também para mostrar ao pessoal daqui que ainda não conhece, que não é só o Auld Lang Syne que se toca nas gaitas de fole. Tem roqueiros com o saco (de ar) debaixo do braço. Com vocês, alguns trechos dos principais sucessos do Red Hot Chili Pipers:

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

  1. À primeira vista, achei que o da foto fosse o Sean Connery fantasiado em algum desses carnavais.É nisso que dá a gente se ver de 20 em 20 anos, confusão!

    abs.

    Virson

    Posted by Virson Holderbaum | março 12, 2011, 18:21
  2. Até nque enfim, Cesar. Saudades!

    Posted by Janine Koneski de Abreu | março 12, 2011, 20:09
  3. Que bom! Bem a tempo de ler o projeto de lei da minirreforma e se deliciar com tanta “mudança” hahahaha!

    Posted by Ednei Alves | março 12, 2011, 23:00
  4. Vens de vez em quando ao continente? Passas pela Ivo Silveira? Vistes os pauzinhos que colocaram nos canteiros centrais, com cabos de aço passando por furinhos? Foram feitos pros pedestres não atravessarem? Ou para faze-los tropeçar e se estatelar na pista antes de serem atropelados? Já há muitos arrebentados. Idéia de gente sem noção de urbanismo!

    Posted by Cesáurio | março 15, 2011, 08:05

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos