// você está lendo...

Jornalismo

O debate diário da Guarujá

Ouvi hoje, na rádio Guarujá, algumas chamadas para novos programas que começam segunda-feira na rádio… Guarujá.

Um deles me chamou a atenção porque acho que preenche uma lacuna que estava aberta desde que a CBN-Diário resolveu que o Debate Diário seria praticamente só sobre futebol. Ou muito me engano ou, na idéia inicial desse programa, a pauta era um pouco mais ampla. Um bate-papo (que de vez em quando se transforma em bate-boca) sobre os problemas da cidade, sobre as questões que preocupam a comunidade e também, por que não? sobre esporte, é sempre interessante para ouvir no carro, a caminho do trabalho, depois do almoço.

Pois a Guarujá vai tentar ocupar esse espaço, num horário um pouco mais estendido, com o Papo de Redação, das 14 às 16h. Segundo a chamada que ouvi, será um debate diário que terá Carlos Damião, Hélio Costa e Polidoro Júnior. É bastante tempo (talvez demais), para manter aceso um debate todos os dias. Mas pode ajudar a contrabalançar o tempo excessivo que as emissoras dedicam ao esporte. E nisso se igualam Guarujá e CBN-Diário: são muitas horas de futebol todos os dias, quando há assuntos e problemas em várias áreas que podem provocar discussões tão apaixonadas quanto a contusão do fulaninho ou o gol contra do beltraninho.

Vamos ver como a coisa se dará, na prática. Seria muito bom, para a cidade, que desse certo, que funcionasse. Quando por mais nada, porque precisamos ter veículos de comunicação fora do grande oligopólio, que ofereçam opções competitivas e de qualidade.

Acho muito curioso ouvir tanta gente falar mal da RBS, mas tão pouca gente prestigiando os demais veículos. Outro dia um colega estava falando do que não gostava no Diário Catarinense e eu perguntei se ele tinha lido, ultimamente, o Notícias do Dia. O Notícias é o concorrente mais forte, na Grande Florianópolis e no norte do Estado, do Diário Catarinense e do que restou de A Notícia. Pois bem, o amigo insatisfeito com o DC não tinha se dado ao trabalho de ler outro jornal.

Daí fica difícil: não gostar e ficar lendo, ouvindo ou vendo é coisa de masoquista. Quando a concorrência se move, é bom prestar atenção. Tanto para mudar de canal, quanto para comentar e sugerir. Pra ajudar a repercutir o que estão fazendo fora do esquema hegemônico. E pra estimular o pessoal a investir na qualidade e provocá-los a melhorar cada vez mais.

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

  1. A CBN/Diário é dureza, mas a caminho do trabalho, pela manhã (lá pelas 8:00) na Guarujá é impossível de aguentar. O Hélio “mercham” Costa entra ao vivo até com vendedor da Colombo.

    Posted by Wilmor Henrique | outubro 14, 2010, 22:05
  2. Do que mais o Miguel Livramento falaria com autoridade? Só se fosse de curió.

    Posted by Ivonei | outubro 14, 2010, 22:18
  3. Ivonei, durante um breve período ele e o Walter Souza mantiveram um divertidíssimo programa na rádio do grupo Barriga Verde, sobre coisas da cidade e manezices em geral. E nem sempre a boa conversa precisa da participação de “autoridades” nos assuntos. Às vezes um ou dois indignados podem segurar a audiência por bastante tempo, só jogando conversa fora. Rádio também é entretenimento e levar-se muito a sério pode por tudo a perder.

    Posted by Cesar Valente | outubro 14, 2010, 22:26
  4. Há um programa na Rádio Som Maior, de Criciúma, que cumpre este papel que a Guarujá está se propondo. E virou um grande espaço onde a cidade se encontra, se diverte e forma opinião sobre tudo.

    Posted by Angela | outubro 14, 2010, 22:37
  5. É,César… Há uma carência no dial. Como “velho” radialista sofro com isso, ao ponto de não ouvir rádio. Sou gaúcho e, portanto, sinto falta da velha Guaíba. Agora, há 10 anos em SC, ainda não consegui eleger uma frequência. Então, estou carente.

    Posted by Schneider | outubro 15, 2010, 02:57
  6. Mané alvinegro, insuspeito digo: não subestimem o Miguel, seu amor pela cidade (que para nós vai de Biguaçu a Sto Amaro) e a capacidade à frente de um microfone. Mesmo na era digital ficamos cada vez mais presos nos carros e mais uma opção no dial é muito bem-vinda, especialmente com a pasteurização das FMs (AMs metidas a besta com uma programação ‘dibosta’. Se o experiente trio não se e nos submeter à opinião oficial das ‘otoridades’, vai dar liga.

    Posted by LesPaul | outubro 15, 2010, 07:13
  7. Nao e dificil fazer melhor que a RBS, com aquele jornalismo em escala, tipo muita quantidade e pouca qualidade, sem contar a falta de identidade com o Estado de SC e muito menos com Fpolis.O Noticias do Dia e muito melhor de ler do que o DC.Conteudo mais resumido,mais identificado com as nossas coisas.

    Posted by francisco gercino | outubro 15, 2010, 23:50
  8. Cesar,o comunicador Walter Filho está colaborando com o site “caros ouvintes” (do Antunes Severo,não tem?) através de postcad(Bom dia,dia)e já faz um tempinho que não o encontro em nenhuma frequência do dial.Não seria um bom momento para a Guarujá “trocar figurinhas” com o profissioal em questão.Ele sempre fez programas populares com qualidade e não está sendo aproveitado.O que acontece?Sem mais para o momento,obrigado Cesar.

    Posted by Roberto Mendes | outubro 18, 2010, 08:15

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos