// você está lendo...

Amigos

Esse Gayoso…

O lendário diretor de Imprensa do governo do estado, José Augusto Gayoso, deixa o governo e retorna às origens, como assessor do candidato LHS. Queria, por isso, aproveitar a oportunidade para falar, de novo, nesse colega que sempre soube separar alhos de bugalhos e mesmo nas épocas em que eu tratava o LHS com menos cortesia (pra não dizer que descia o cacete), tratou-me com correção. No máximo se queixava, com bom humor, do meu mau humor. E sempre tinha uma informação ou uma explicação para tentar mostrar o contexto das coisas e sua gênese. Transcrevo abaixo uma notinha que publiquei em 22 de fevereiro de 2006 no blog (e no dia anterior no Diarinho), que demonstra o que penso do Gayoso e o jeitão solidário com que ele tocava sua espinhosa tarefa.

Fotos: Ivone Marcarini/Secom - Clica que amplia

Fotos: Ivone Marcarini/Secom - Clica que amplia

DIÁRIO DE CAMPANHA
OU, A FOTO POR TRÁS DO FATO

A assessoria de imprensa de político tem suas desvantagens, mas também tem suas vantagens. Quando, por exemplo, o assessorado resolve, de repente, visitar uma draga no meio de um rio, cujas margens estão que é pura lama, o assessor vive momentos de grande alegria. Como fazer com que os repórteres, tanto da casa quanto de outros veículos tenham condições razoáveis de trabalho em ambiente tão inóspito? E não saiam falando mal do político, da draga, da lama, do rio e do assessor?

O José Augusto Gayoso, assessor do governador LHS, é conhecido pelo esforço que faz para facilitar a vida dos colegas e das colegas. Na foto menor (e), ele segura os sapatos enlameados que uma fotógrafa quase perdeu nas barrancas do rio Itajaí-Mirim. E enquanto o pessoal passeava de barco (na foto maior à direita), ele ficava na lama (lá em cima, dentro do círculo branco – se clicar na foto dá pra ver melhor), com os sapatinhos na mão, exposto a todo tipo de interpretação maldosa de quem achava que ele, de fato, estava andando de salto alto na lama.

Puxei esse assunto dos sapatinhos perdidos só pra ter um pretexto pra falar no Gayoso, que nesse episódio da prisão do Sarará e do Pomar, teve um papel importante na liberação mais cedo dos dois.

Eu sei que tem uma fofoca rolando que diz o contrário. Só que eu conheço o Gayoso há mais de 20 anos e acho que ele é um profissional decente e correto, que sempre fez o possível para ajudar os colegas. Jogar lama no Gayoso, neste caso, só serve para desviar a atenção de quem de fato foi arbitrário, violento e injusto.

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

  1. DEU NO BLOG DO CLAUDIO HUMBERTO

    4/06/2010 | 00:00
    Corredor da morte
    Com os aliados que tem, o prefeito de Florianópolis, Dario Berger, não precisa de inimigos: eles insultam os ministros do Tribunal Superior Eleitoral espalhando a lorota de que o julgamento dele foi adiado para 2011 por “pressão” de Michel Temer e da senadora Ideli Salvatti (PT).

    Posted by J.L.CIBILS | junho 14, 2010, 11:56
  2. Tio csar diz ai:Vi na tv agora q o pinho moreira não é mais candidato…fala ai…diz p/nós pq e dê sua análise…hehehe
    abraços

    Posted by marco | junho 14, 2010, 13:20

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos