// você está lendo...

Esportivas

O Presidente falou, tá falado

Será que Lula acreditará nessa imagem? foto Ricardo Stuckert

Será que Lula acreditará nessa imagem? foto Ricardo Stuckert

O pragmático presidente Lula, que não se interessa por amigos ou ideologias, mas sim por aliados políticos em nome da governança, reconheceu depois de sete anos no poder que o povo brasileiro está na merda. Nesse caso as palavras dizem tudo, né,  Presidente? Nem é preciso imagem, essa evidência que o senhor tanto desdenha. Afinal as palavras saíram de sua própria boca, estão gravadas, o mundo inteiro ouviu.

Pois esse homem, embora não acredite nas imagens, fez questão de receber os campeões do Flamengo. Elas, as imagens, nessa hora são críveis, pois garantem bons dividendos políticos Até o Adriano foi – fretou um jatinho -, apesar de a festa na tal favela onde adora se esconder e que começou logo após a conquista do título ainda não tivesse terminado. Não confundam com o “kerb” dos alemães. Dura só três dias e lá no esconderijo do Imperador o papo é outro.Sem essa de chope e aquele cardápio esquisito.

Voltando ao Lula e ao Flamengo, seria bom que depois dessa festa toda – o presidente, a gente sabe, é corintiano, mas é acima de tudo um desportista – o sapo barbudo tirasse um tempo para refletir sobre o que disse. Será que não se deu conta que tá avacalhando com seu próprio governo?

Afinal, depois de sete anos no poder, segundo suas sábias e científicas avaliações, concluiu que não fez nada pelo povo. Pelo contrário nos deixou atolados nessa coisa mal cheirosa.

Onde entra o Flamengo nessa história além de nos ajudar a descobrir quem somos, onde estamos e para onde vamos? Entra no seguinte, aliás em outra merda que se chama o estágio atual do mercado da bola para o futebol brasileiro. É gente saindo pra todo o lado, até para países onde nem se sabia que existia o ludopédio.

Aqui mesmo a casa avaiana está em polvorosa. O time vai todo embora. Do outro lado da ponte o Figueirense ainda não se arrumou depois do dá ou desce da Figueirense Participações.

E não há como segurar nossos jogadores. Os clubes não são mais donos do seu próprio nariz, quanto mais dos seus craques. Até mesmo os marromeno arranjam um cantinho pra fazer a feira. Por ano essa brincadeira representa mais de mil fora do país, gente boa espalhada pelo mundo e que, se ficasse aqui, daria jogo do bom e mais dor de cabeça pro teimoso do Dunga.

Pra quem gosta de futebol como o senhor, essa é a nossa merda, presidente. Menos mal que o português Carlos Queiroz, treinador da seleção deles, disse outro dia que o Brasil não precisa se preocupar com o êxodo dos seus bons de bola. Falou que levantamos uma pedra e achamos dois bons jogadores em baixo dela. Otimista, o seu Queiroz, mas por trás dessa retórica ele sabe que um dia essa galinha dos ovos de ouro fecha o… Sabe como é, presidente, por onde sai o ovo e algo mais sobre o quê  o senhor desandou a falar.

PS: fiquei uns dias fora do ar pra ver se passava essa história da árvore. Como ela não só cresceu como está dando frutos, resolvi voltar.

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

Comments are closed.

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos