// você está lendo...

Vereadores

Vendilhões

Visual fantástico para novos apreciadores

Visual fantástico para novos apreciadores

A Câmara aprovou na sessão da noite de hoje (25/11), em segunda e ultima votação,  o projeto de lei complementar 954/2008, do Executivo, que altera o zoneamento de uso do solo na área de 431,2 mil m2,  dos quais 11,4 mil de benfeitorias construídas, compreendida pelo complexo penitenciário que o governo do Estado, seu proprietário,  está desativando no bairro Agronômica.

   A  proposta de alteração do Plano Diretor, ensejada pelo projeto, atende interesse do Executivo estadual que pretende alienar a área. A empresa que adquiri-la, por licitação, será obrigada a construir áreas de lazer, cultura e entretenimento, que serão destinadas exclusivamente à atividade pública e gratuita, sob administração do município.

    Com a aprovação, a prefeitura poderá executar os projetos das áreas de lazer, paisagístico,  comunitário e  institucional  de uso público, acordados em audiência promovida pela Câmara Municipal, a serem construídos concomitantemente à execução das obras privadas, assim discriminadas:  uma creche com capacidade para 300 crianças;  uma quadra polivalente coberta, com todos os equipamentos p/ eventos esportivos; reurbanização e instalação de equipamentos de lazer em toda a área estabelecida pela legislação municipal; e reestruturação do campo de futebol para as comunidades da região.

   Estão previstos ainda os projetos executivos de vias locais  e suas interseções com a Rua Lauro Linhares; implantação de toda infra-estrutura de saneamento básico de água, esgoto, gás, energia elétrica e telecomunicações (telefone, transmissão de dados, TV a cabo e outros), a serem instaladas junto com o sistema viário; alargamento da Rua Lauro Linhares no trecho frontal ao atual complexo penitenciário; e execução da restauração das edificações do complexo penitenciário.

 O texto acima é da Diretoria de Comunicação Social da Câmara de Vereadores de Florianópolis, prodzido logo após a sessão de quarta-feira. Perfeito. Só faltou dizer como votaram os nobres edis.

 

Agora escrevo eu. Assisti toda a pantomima via TV AL/CMF. Apenas quatro vereadores votaram contra a aprovação da proposta que na prática muda o zoneamento da Trindade/Agronômica, região da Penitenciária, para que ali possa surgir um empreendimento imobiliário. Com a venda do terreno, alega o governo, haverá recursos e condições para que sejam construídas três novas unidades prisionais.  A autorização para a venda está em lei aprovada pela Assembléia, a Câmara apenas votou a mudança de zoneamento, defendem-se os  vereadores vendilhões

 Perguntinhas: o Fundo Penitenciário serve pra que? É preciso negociar, alterar plano diretor, entregar ao ramo imobiliário uma área nobre de uma cidade tão carente de parques e equipamentos de lazer? Em troca do que? Um campinho de futebol e uma creche?

 Ano passado reformaram a peso de ouro o kartódromo de Ingleses, utilizado uma vez por ano para gozo de meia dúzia de aficionados de um esporte que não nos diz nada. Fizeram pior: construíram outro kartódromo, quase ao lado do antigo, no Sapiens Parque. Ali, mentem autoridades e amigos do Rei, teremos uma arena multiuso, o mais novo xodó de Prefeitos desinformados. Misturam alhos com bugalhos, o público com o privado. Conheço várias arenas e centros multiuso, todos à imagem e semelhança dos seus idealizadores. Custam muito, servem pra muito pouco.

Tem dinheiro sobrando pra essa gastança. Sai dinheiro a rodo, milhões, para projetos megalômanos como exibições de showbol por toda Santa Catarina e espetáculos importados.

  Isso é crime. Os moradores da Trindade e Agronômica serão vítimas de mais um, graças a ação predadora e conivente da Câmara de Vereadores que até hoje não mexeu uma palha para a construção de um parque municipal. E não é por falta de espaço, mas pela defesa de outros interesses. Parque custa barato e não rende.

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

  1. O problema, Mário Medaglia, é que certas decisões dos Prefeitos e Governadores de plantão, pela magnitude de suas conseqüências, teriam, se a nossa democracia fosse verdadeira, de ser amplamento discutidas com a sociedade. Em Florianópolis e Santa Catarina, não há nenhuma preocupação das autoridades nesse sentido: decide-se e pronto; e o “poveco”- eles devem, no privado, às gargalhadas, usar tal palavra-, de dois em dois anos, comparece às urnas, sempre confiante de que é o condutor do seu destino…

    Posted by Edison da Silva Jardim Filho | novembro 26, 2009, 12:02
  2. PS: Errei na grafia da palavra: “amplamente”.

    Posted by Edison da Silva Jardim Filho | novembro 26, 2009, 12:06
  3. Não dá vontade de chorar?

    Posted by Rockarei | novembro 26, 2009, 12:18
  4. Ôi Mário, vc tem razão, as Arenas Multiuso são tão “multi” qeu não servem pra nada!Uma vergonha, a primeira foi a de Joinville e as seguintes foram sendo construidas com os mesmos erros da primeira!Serve pra dar painel artistico pros artistas amigos de Luiz XV …Imagine quanto não entrou pro Juarez Machado o painel da Arena Multiuso de Joenville.A Arena Multiuso de S.Jose está entregue as traças!!Se acabando!

    Posted by pedro paulo dantas | novembro 26, 2009, 13:37
  5. A coisa tá feia. Como mudar isso? Votando? Em quem? Sinceramente, é difícil evitar a desilusão. Só o que conta são os interesses próprios. É essa corrupção enraizada na cultura do nosso povo. E não é coisa de rico não, é em qualquer classe. No país onde as leis “não pegam”, só podia dar nisso mesmo.

    Posted by Marlon | novembro 26, 2009, 13:41
  6. MARIO
    QUERO SABER ONDE VÃO COLOCAR OS PRESOS.POIS JA EXISTE FALTA DE CADEIAS
    OK VÃO FAZER COM ESTE ESPAÇO
    MAIS QUE GOVERNO INCOPETENTE
    PAULO DUTRA

    Posted by paulo dutra | novembro 26, 2009, 14:42
  7. Tudo por um mandato. Isto mesmo. Que se venda o Estado e seu patrimônio constituido ao longo dos tempos e por todos os governadores para fazer caixa para uma campanha a cargo de senador.

    Posted by Belmiro | novembro 26, 2009, 15:16
  8. [...] Vendilhões [...]

    Posted by Tijoladas do Mosquito » Câmara muda zoneamento urbaNO – Especulação imobiliaria jogou pesado – Vereador que votou a favor vai ter natal gorducho né! | novembro 26, 2009, 15:32
  9. Quando os caras são eleitos parece que algo mágico acontece, e eles passam a falar outra língua… começam a sofrer de amnésia, falta de vergonha na cara, de ética, de valores, de pudores… É algum tipo de doença que se manifesta quando a pessoa ocupa a “cadeira”, seja ela do legislativo, judiciário ou executivo. A cadeira corrompe. E basta sentar uma única vez. É impressionante!

    Posted by Aline | novembro 26, 2009, 16:47
  10. A democracia tem dessas coisas. A maioria votou nestes que aí estão. Aparentemente meia dúzia de gatos-pingados é que se revolta com ações deste tipo. poderia até ser uma dúzia, mas sem o ativismo da imprensa, que deixou de existir desde que o “rei” assumiu o estado, as coisas para as minorias tornaram-se muito difíceis.
    Costumo repetir o seguinte: Não adianta atacarmos as consequências. Temos que atacar as causas. No meu entendimento, as consequências são os políticos que só enxergam o próprio bolso e a manutenção do poder a qualquer preço. As causas são as relações promíscuas dos políticos com as grandes redes de comunicação. Acabem ou diminuam o poder dos grupos midiáticos (não condundir com liberdade de imprensa ou de jornalistas) e teremos alguma melhora na nossa “democracia”.

    Posted by Yuri | novembro 26, 2009, 19:54
  11. [...] das Flores movimenta praça Fernando Machado Vendilhões 27/11/09 Por Mário Medaglia (DeOlhoNaCapital, [...]

    Posted by FloripAmanha.org / Notícias de Florianópolis e da Associação FloripAmanhã » Blog Archive » Vendilhões | novembro 27, 2009, 10:51
  12. Estamos literalmente PHLODIDOS. Uma camarilha de vendilhões, súcia de safados, mestres em sugarem o leite das fartas tetas da Viúva. O erário virou a casa-da-mãe-joana bolinada pela mão-grande os amigos do rei. Minha amada Ilha, quem te viu, viu! Pois, ninguém mais há de te ver, ao menos viva. A corja a cada dia corta mais um tubo, e nem a UTI dá mais conta de te manter viva. Parabéns Medaglia. Parabéns aos comentaristas que nos dão a sensação que ao menos nesse universo paralelo chapa branca não se cria.

    Posted by LesPaul | novembro 27, 2009, 11:36
  13. Mário Medaglia,
    Vamos dar nomes aos bois !
    Tem que nominar quais foram os vendilhões e quem foi contra !

    Posted by Carlos A. | novembro 27, 2009, 14:57
  14. Carlos: a lista dos “a favor” é grande. Fiquemos com quem votou contra o projeto: Renato Geske (PR), Ricardo Vieira (PC do B), Aurélio Valente e e João Amin (PP)

    Posted by Mário Medaglia | novembro 27, 2009, 17:59
  15. Prezado Mario,

    O zoneamento anterior da area, agora alterada foi atraves de Projeto de Lei de minha autoria, quando Vereador. Gostaria de parabenizar os Vereadores que ainda conseguem mostrar um sentimento de indignacao e defesa da Cidade. Tambem deixo o registro que nos entristece do representante do PT, ver. Marcio.Parabens a vc e ao Cesar por manterem esse espaco de discussao e defesa da cidade. Abcs de seu amigo Ricardo Baratieri

    Posted by ricardo | novembro 28, 2009, 23:45

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos