// você está lendo...

Brasileirão

A patifaria entra em campo

Ilustração de cartilha da CNBB sobre ética na política

Ilustração de cartilha da CNBB sobre ética na política

A banda podre do Campeonato Brasileiro sobre a qual escrevi aqui há dois dias vai mostrar sua cara na última rodada. Dirigentes do Grêmio estão confirmando um time reserva contra o Flamengo no Maracanã, com prejuízos para adversários que estiverem lutando pelo título com o clube carioca.

Claro, não será o técnico interino, Marcelo Rospide, um jovem que está iniciando na profissão, o responsável por esse comportamento anti-ético. Ele apenas obedecerá ordens do “patrão”. Não deveria, mas certamente não pretende colocar seu emprego em risco.

Tudo em nome da rivalidade porque o Internacional talvez seja um dos beneficiados em caso de derrota flamenguista. Na cabeça do torcedor, inspiração da arquibancada, tudo bem, é compreensível. Trata-se da passionalidade em seu nível máximo, pactuando com o ato anti-desportivo ainda que isso custe a derrota do time do coração.

Os dirigentes despudoradamente admitem a falcatrua com a desculpa de que é necessário poupar alguns jogadores por estresse ou lesão. O Grêmio não é o primeiro nem será o último a adotar essa prática canalha. Ética não é uma das virtudes mais cultuadas entre a cartolagem, aqui, ou em qualquer outro lugar do planeta bola.

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

  1. Cara,
    Já ví você falar de futebol algumas vezes. Só concordo quando criticas o Dunga, porque no mais teus palpites se precipitam, ou, como no post em questão, deixam aflorar algum amor por um clube que impede uma análise verdadeira.

    Vergonha é entregar um jogo, não correr. Isto é ridiculo.

    Mas colocar os jogadores reservas é um procedimento padrão para liberar os titulares mais cedo.

    É óbvio que a consequencia é uma grande facilidade para o Flamengo e automaticamente um problema para o Inter. Mas não existe NADA de anti-ético nisso.

    Posted by Luk | novembro 25, 2009, 20:33
  2. Sem noção eim Medaglia? Acaso torces para o colorado?

    Posted by Belmiro | novembro 26, 2009, 11:39
  3. Caro, leia com mais atenção o que escrevi. Que mania o leitor tem de rotular de torcedor quem contraria seu pensamento, Aqui não tem vaquinha de presépio. Não interessa para que clube torço. Não concordo com essa falta de respeito a cada fim de campeonato. Quando há interesses de terceiros em jogo, é preciso pensar duas vêzes antes de mantar seu treinador botar em campo um time reserva. Abs, Medaglia

    Posted by Mário Medaglia | novembro 26, 2009, 15:03
  4. Como já falaram o Grêmio não é o primeiro time a fazer isso (usar o time reservar para disputar algo em que já não pode alcançar mais nada) e isso é padrão. Não será apenas o Inter, o possivel prejudicado nessa história, Palmeira, São Paulo também serão, mas o que o Grêmio tem haver com isso??

    Esses times (principalmente o Palmeiras) de alguma forma foram incompetentes, se tivessem se esforçado mais e feito o dever de casa não estariam dependendo dos outros para ser campeão.

    Abraço :)

    Posted by Rafael | novembro 28, 2009, 19:53

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos