// você está lendo...

Esportivas

Tango e futebol morro abaixo

Meu final de tarde no sábado foi dedicado aos argentinos, o de domingo aos brasileiros. Primeiro assisti a um show do grupo argentino “San Telmo Lounge”, no Centro Cultural Banco do Brasil. É um grupo formado por gente nova no moderno tango argentino, musicalmente aparentado com o “Gotan Project” e o “Bajofondo”. E que falta faz um CCBB em Florianópolis!!!

 Voltei correndo pra casa a fim de ver o sofrimento da seleção de Maradona na esperança de que os peruanos se recuperassem do fiasco da Copa de 1978, aquela gentileza de seis a zero que resultou na classificação da Argentina e na eliminação do Brasil. Até que o Peru cumpriu marromeno com sua obrigação. Só saiu de campo derrotado por causa do gol em impedimento do Palermo aos 47 minutos do segundo tempo. Daí que o sofrimento continua, pois para chegar direto à Copa os argentinos precisam derrotar o Uruguai, ainda candidato à vaga, em Montevidéu, e torcer para que o Equador não faça o serviço no Chile em Santiago. Sei não, sinto cheiro de repescagem.

 Quanto ao jogo do Brasil, Dunga que pare de arrumar desculpas e vá cobrar do Lula e do Evo Morales a obrigação de ter que jogar a 3.600 metros de altitude. Foi o presidente brasileiro quem demagogicamente apoiou a cruzada de Morales para que a Bolívia pudesse continuar jogando no cume da montanha, interrompendo os protestos que o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, havia enviado à FIFA.

 Nem chá de coca evitaria nova derrota para a Bolívia em La Paz. Jogamos mal e pronto. Aliás, é bom que a seleção brasileira acabe com essa mania de tropeçar diante dos bolivianos. Atravessamos esta eliminatória sem ganhar deles: empate de zero a zero no Rio, ao nível do mar, e esta derrota dominical por 2 a 1 lá em cima. Já pensaram se o jogo do domingo valesse classificação? Vão dizer que aí jogaria o time titular, etc. Não interessa, já perdemos também com nossos craques todos em campo. O duro, além da derrota, é que o teste não valeu pra nada. Nosso futebol despencou morro abaixo. Salvaram-se Nilmar, Daniel Alves e só.

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

  1. Adoro esse neo tango que também atende por outros apelidos. Tenho vários discos.

    Posted by Cris Carriconde | outubro 11, 2009, 20:59

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos