// você está lendo...

Generalidades

Esta sim é a melhor idade

Fernando, muito além dos 30 (site Sto andré)

Fernando, muito além dos 30 (site Sto andré)

“Com mais de 30”, letra e música para esta composição dos irmãos Marcos e Paulo Sérgio Valle, comecinho dos anos 70, que lá pelas tantas dizia: “não confie em ninguém com mais de 30 anos…”.

 E em jogador de futebol com mais de 30, dá pra confiar? Segundo matéria publicada pelo Correio Braziliense na quinta-feira, com os “velhinhos bons de bola”, é perfeitamente possível. Os “vovôs” estão espalhados por algumas equipes nas duas séries do Campeonato Brasileiro, quebrando barreiras e derrubando preconceitos tão comuns em nosso futebol. Na Europa não existem esses pudores nem limites tão exacerbados para se chamar de velho um jogador que chega aos 30 anos. De um passado mais distante lembro do atacante inglês, Stanley Matews, cuja aposentadoria aconteceu somente aos 45 anos. O zagueiro italiano Maldini parou agora, aos 40.

 Anotem a seleção dos “velhos” que ainda correm pelos gramados brasileiros. O caso mais extremo é o do volante Fernando, 42 anos titular do Santo André junto com Marcelinho Carioca, 38. O time do ABC paulista, por causa dos dois, é o time com a maior média de idade (29.72) do Brasileirão e Fernando é o mais velho de todos.

 Que tal esse time vestindo a camisa do seu clube? Marcos (Palmeiras, 36): Ruy (Fluminense, 31), Cláudio Caçapa (Cruzeiro, 33), Índio (Inter, 34) e Júnior, (Atlético MG, 36); Emerson (Santos, 33), Fernando (Sto André, 42), Petkovic (Flamengo, 37) e Ramon (Vitória, 37); Marcelinho Carioca (Sto André, 38) e Ronaldo (Corinthians, 32).

 O Fenômeno ganhou a titularidade no nome porque mais velho que ele tem o Iarley, do Goiás, com 35 anos. Os reservas, em alguns casos contam com mais de um “vovô” para a posição: Harlei (Goiás, 37)/Rogério Ceni (SP, 36); Alberto (Atlético PR, 34)/Alessandro (Botafogo, 31), Fabão (Santos, 31), Ronaldo Angelim (Flamengo, 31) e Dutra (Sport, 36)/Gilberto (Cruzeiro, 33); Guiñazu (Inter, 31), Edmilson (Palmeiras, 33), Sandro Goiano (Sport, 36)e Tcheco (Grêmio, 33); Marcelinho Paraíba (Coritiba, 34) e o Iarley citado acima. O treinador seria o da melhor idade (?) Antônio Lopes, 68 anos, hoje no Atlético PR

 Qual a receita para a longevidade no futebol profissional? Perguntem a eles, mas certamente não é a mesma de muitos famosos bem mais jovens que não agüentam o tranco às vezes nem de uma rodada para a outra. Vivem encostados, curando ossos, músculos e dores de toda a ordem.

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

Comments are closed.

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos