// você está lendo...

Pérolas do DOE

A preciosa coletânea do sábado

Diário Oficial do Estado é uma fonte inesgotável de histórias tristes, alegres ou desesperadoras. Só depende de que lado do balcão a gente está.

Pra quem lida com dinheiro público e é agraciado com graninha dos fundos sem fundo do governo LHS (em especial os da secretaria do Knaesel), é só alegria. Pra quem paga os impostos e espera que o retorno se dê em saúde, educação e segurança, é só tristeza. Olha só o que se escondia no DOE do dia 2 de setembro:

TURISTAS DE BOLSA

Um certo “Instituto Prêmio Educação”, levou R$ 40 mil do Funturismo para realizar o II Workshop de Educação Financeira, onde se aprende a aplicar na Bolsa de Valores.

Assim como não consigo ver qual o sentido de financiar esse tipo de educação privada com dinheiro público, não entendo a lógica de usar o Funturismo para isso.

TURISMO NA ITÁLIA

Já esta outra despesinha do Funturismo, de “apenas” R$ 87 mil, pra ajudar uma turma a participar de uma “missão tecnológica à Itália” tá mais no jeito.

É fácil entender que o fundo de turismo pague viagens. Mas ainda é difícil de engolir por que o nosso dinheiro tem que ser usado para pagar o passeio dos outros.

RIOS DE DINHEIRO

Vocês conhecem o Instituto Catarinense de Apoio ao Municípios? Pois então, essa entidade recebeu, do Funcultural do governo LHS/Knaesel, a bagatela de R$ 600 mil (seiscentos mil!) para um projeto que tem o mimoso nome de “Circulação Cultural Regional”.

COMITIVA HONFLEUR

Vocês sabem que, a pretexto do aniversário de São Francisco do Sul e da irmandade com a cidade francesa de Honfleur, tá um movimento danado nas rotas transatlânticas. Não há dinheiro que chegue pra pagar passagem pra tanta gente.

Sorte que a Secretaria do Desenvolvimento Regional de Joinville está aí pra socorrer o pessoal, com R$ 31 mil “pra custear despesas” da turma que foi à França.

Olha só a listinha com os ilustres que participam da “viagem de negócios à França”: o prefeito de São Francisco do Sul, Luiz Roberto de Oliveira (Luiz Zera); o gerente de Turismo, Cultura e Esporte da Secretaria de Desenvolvimento Regional em Joinville, Joel Gehlen; a secretária de Turismo de SFS, Jamille de Freitas Machado; representante da Secretaria de Relações Internacionais do Estado de Santa Catarina, o sempre presente em todas as boquinhas que incluem viagem, Edson Machado e o cônsul horário da França em SC, Francisco Borghoff. Que, por coincidência é sócio de uma das principais agências de publicidade que atende o governo estadual.

DO DIÁRIO DA PREFEITURA

Já falei neste mega-show há alguns dias, mas não tinha transcrito na íntegra o que constava do Diário Oficial da prefeitura de Florianópolis. Faço-o agora, a pedidos:

“EXTRATO DO CONTRATO 942 /SETUR/2009
Contratante: Secretaria Municipal de Turismo, Cultura e Esporte. Contratada: Beyondpar Assessoria e Marketing Ltda. Objeto: realização e produção de show internacional do Maestro Andrea Bocelli e Orquestra, conforme o Processo de Inexigibilidade nº 385/SADM/2009, homologado em 28/08/09. Valor Global do Contrato: R$3.000.000,00. Da Despesa: Projeto/Atividade: 2030 – elemento 3.3.90.39.0000.0123do orçamento da Secretaria Municipal de Turismo, Cultura e Esporte. Data da Assinatura: 31/08/09. Assinam pela Contratante MARIO ROBERTO CAVALLAZZI – Secretário Municipal de Turismo Cultura e Esportes e pelo Contratado: Ricardo Botelho Valente.”

Botelho Valente? Três milhões? Hum… e aí primo, tudo bem? Precisas de ajuda pra gastar?

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

  1. Sobre a primeira nota – O Tal Instituto Prêmio Educação, fez esse evento no Shopping Beiramar. Quem cuida desse instituto é a bela esposa do deputado César Souza Jr, a Sra. francine. Também recebeu uma grana preta da Casan.

    Como se vê o Knaesel não da trégua no derrame de dinheiro para os amigos.

    Posted by amilton alexandre | setembro 12, 2009, 11:08
  2. Cesar, conheço o prefeito de SFS e tenho muito respeito por ele.

    É sério e comprometido com o desenvolvimento da cidade.

    Meu avô, falecido recentemente aos 97 anos, o tinha em alta conta.

    O “Zera” (PP), como é conhecido, realiza um trabalho dedicado em favor da cidade.

    Não vou entrar no mérito de quantos ou quais deveriam ou não integrar a comitiva. Registro apenas que meu tio Arnaldo (DEM), secretário dos portos do município, não integrou a missão.

    Um dos objetivos permanentes do prefeito é divulgar SFS e assim atrair investimentos e turistas estrangeiros, especialmente turistas náuticos e Honfleur têm tradição neste segmento.

    O prefeito de SFS está empenhado em consolidar a Baía da Babitonga como um destino náutico qualificado para embarcações de lazer e transatlânticos.

    Além da qualidade da região em termos de navegabilidade e abrigo natural, usa como argumento o patrimônio histórico bem preservado os museus da cidade existentes e em vias de implantação.

    Torço para que o investimento realizado nesta viagem transforme-se em empregos, renda e tributos através do turismo para SFS, querida cidade onde a família São Thiago chegou em 1873 proveniente de Desterro.

    Digo com sinceridade que meu coração pertence metade a Florianópolis e metade a São Francisco do Sul e torço para que o Zera ao deixar a prefeitura entregue a cidade ainda mais bonita quanto ao seu patrimônio histórico e natural e bem desenvolvida economicamente, sem qualquer mácula que desabone sua administração.

    Se não meu avô, ao invés de intuí-lo com bons propósitos lá do Plano Espiritual, vai puxar o pé dele à noite!!!

    Posted by Ernesto São Thiago | setembro 12, 2009, 13:55

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos