// você está lendo...

Fórmula I

Telhado de vidro

Nelsinho e Nelsão, bons tempos (foto Piquet Sports)

Nelsinho e Nelsão, bons tempos (foto Piquet Sports)

Vem aí mais um GP de Fórmula I, desta vez em solo italiano, casa da Ferrari e de Fisichella, o substituto de Felipe Massa. Essa é uma notícia limpa do automobilismo. A outra, carregada de sujeira, está ligada à família Piquet e ao Grande Prêmio da Cingapura do ano passado.

 É outro assunto cabeludo envolvendo a Fórmula I que já começou 2009 derrapando nas confusões do regulamento e ameaças de algumas equipes contra os mandões da categoria. No entanto, o que pegou pesado foi a travessura do Piquet Nelsinho, réu confesso na premeditação do acidente no autódromo de Cingapura para beneficiar seu companheiro da Renault, o espanhol Fernando Alonso. Piquet Jr estaria agora se vingando da demissão recente. O pai Nelson, dizem, ficou sabendo das estripulias do filho só alguns meses depois. E eu acredito em Papai Noel e coelhinho da Páscoa. 

 Nelsinho, em depoimento já reproduzido por veículos de comunicação do mundo inteiro (leia na íntegra) assumiu a combinação do acidente com o chefão da Renault, Flávio Briatore e com o engenheiro da equipe Pat Symonds. Falou e escreveu com todos os efes e erres como aconteceu a  sua batida que deu a vitória a Alonso. Contando tudo, Piquet busca os benefícios da tal “delação premiada”. Traduzindo para o bom português isso quer dizer não punição ao dedo duro.

 Recuperei os fatos para refrescar a memória do leitor e a minha, às vezes um pouco embaralhada por tanta confusão. Pensando bem, as derrapadas de hoje não são tão novas assim. Se não, vejamos: a poderosíssima Ferrari usou e abusou nas últimas temporadas do que chamam “jogo de equipe”, mais conhecido como “vale tudo para chegar à vitória”. Barrichello que hoje apedreja Nelsinho Piquet, quase parou o carro em algumas corridas para deixar o Schumacher passar. O alemão sempre foi conivente com a tática do favorecimento. Ia reclamar? Felipe Massa, o acidentado e que agora parece sofrer de amnésia, também torceu o nariz para o episódio de Cingapura. Com a diferença que virou passarinho na muda, não canta. Seu período como fiel escudeiro de Schumacher na Ferrari tem passagens no mínimo suspeitas clonando Barrichello.

 O alemão tirou gente da pista para vencer, a Mc Laren, com o inglês Hamilton na pista, já fez o diabo, fora dela  espionagem em cima da Ferrari. Denúncia lembram de quem? Dele mesmo, do lambanceiro Alonso que jura não saber da trama envolvendo Nelsinho e Briatore. Não vamos esquecer do Rubinho nas primeiras corridas este ano pela Brawn, penando com a “tática de equipe” que só beneficiava Jenson Button.

 Devo ter esquecido de alguma passagem, mas a Fórmula I nos últimos anos tem sido assim, reunindo farto material para um livro sobre como trapacear e se dar bem no esporte. Seria interessante juntar todos aqueles desportistas (?), vestidos com macacões enfeitados por patrocínios milionários e fazer a seguinte provocação: quem nunca sacaneou nas pistas, aire a primeira pedra.

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

  1. Mr. Medaglia

    O que faltou: Pat Simmons, denunciado junto com Briatori teria segundo Nelsinho indicado em um croqui com o traçado de Cingapura o local exato para a esbarrada. Pat simmons era o Eng chefe da equipe de Schummacher quando o alemão jogou seu carro em frangalhos contra a Willians de Damon Hill no GP da Australia que lhe deu um de tantos títulos. O Chefe da equipe: Briatori. Mas a dupla é pródiga e sua memória não lembraria de outra escandalosa estripulia: Senna penava 1 segundo atrás de Schummi. Descobriu-se depois, que os carros da Bennetton usavam o controle de tração. Chefe da equipe: Briatori, engenheiro: Simmons. E mais, Senna perdia tempo no reabastecimento porque a equipe de Briatori/simmons retirara a válvula d segurança das mangueiras de reabastecimento. O jogo sujo foi descoberto porque Vesteappen quase foi para as calendas carbonizado em grave incidente. O PIOR DE TUDO: os vetustos (sic) senhores da FIA sempre passaram a mão sobre a cabeça dos canalhas e de suas canalhices. saudações.

    Posted by LesPaul | setembro 11, 2009, 11:35
  2. Medaglia,

    Este mostrou que, escudado na arrogância do pai, poderia ser astro por osmose!
    Mostrou que educação de caráter não lhe foi passado ou não foi aprendido.
    Deveria ser expulso do esporte!

    Posted by lh | setembro 11, 2009, 11:59
  3. O Les Paul viu o jornal das dez de ontem…………

    Posted by lourenço | setembro 11, 2009, 12:05
  4. Esclarecimento: o controle de tração estava banido, as travas de segurança eram obrigatórias… e Briatori simplesmente disse que não sabia das travas e sobre o controle, confirmou que havia o controle de tração mas que seus pilotos não utilizavam…. e a FIA fez top top top pra todos nós. Pior que isso é o Galvão narrando… o Rubinho pode estar ganhando e ele não para de falar no Massa em casa, na fazenda, no hospital, na cozinha… Galvão é o twitter do Massa, até parece que recebe royaltie cada vez que pronuncia o nome do moleque…

    Posted by LesPaul | setembro 11, 2009, 12:06
  5. Ledoivo engano, Mr. Lourenço. O assunto sobre a dupla Briatori/Simmons entrou em ebulição há duas semanas, junto com o escândalo. O que Reginaldo Leme (autor do ‘furo’ mundial) disse ontem às 10 horas? A imprensa automobilística internacional tem veículos maiores que alguns jornais regionais brasileiros e se alimenta de grande parte da nababesca verba publicitária das equipes (carros/equipes e motores – Ferrari, BMW, Mercedez, Renault, Honda, Toyota…) Eles soltaram seus farejadores atrás de detalhes. La Gazzetta dello Sport, Corrieri della sera ou La stampa, juntamente com os tradicionais jornais ingleses – nem todos exclusivamente esportivos e alguns de escândalo, tão com bafo na nuca da FIA e da dupla Briatori/Simmons, especialmente depois que a Renault (que só corre com pilotos empresariados por Briatori) se posicionou junto dos capos.

    Posted by LesPaul | setembro 11, 2009, 13:21
  6. O Barichello esta igual ao lula, não sabe de nada. Depois de participar daquele escândalo que fez abandonar as corridas, esqueceu. Tipo o lula com o mensalão.

    Posted by mandabrasa | setembro 11, 2009, 14:02
  7. Porra, o dia que aparecer um piloto gaúcho, aí pode tudo…

    Posted by joão paulo | setembro 11, 2009, 14:43
  8. Acho que se for banir o mini piquet, que se puna todos os outros dick vigaristas. Pelo menos a manobra dele foi arrojada, com spin e tudo, e não uma freada como a do rubinho e tbm não jogou o carro em cima de ninguém, como jogaram senna, prost e schumi.

    O cara é brasileiro, zé manés, deixem ele correr que tem talento, “assholes”.

    Posted by Borba | setembro 11, 2009, 15:21
  9. Ah, o massa tbm jogou o carro em cima do hamilton e todo mundo achou bonitinho. Cambada de faladores, fanboys de senna, idolatradores do passado.

    Posted by Borba | setembro 11, 2009, 15:23
  10. Falar mal de quem o colocou pra rua é fácil. Pq não denunciou quando recebeu a proposta indecente? São dois péssimos profissionais, tal pai, tal filho.
    Mas… me dga um esporte que não existe sacanagem? F-1, futebol, corrida de cavalo, atletismo… todos, todos…

    Posted by Jailson | setembro 11, 2009, 15:32
  11. Há um abuso em relação ao (mau) humor de Piquet. Isso aconteceu pela “opção” da Globo que apostou em outro brasileiro.Falta memória e, há anos, simplesmente esquecem que Émerson Fittipaldi é bi-campeão mundial(mais jovem até então) e Nelson Piquet tri-campeão. E estão, vivos.
    Antideportivo era quem ia para os boxes e guardava o carro, sob argumento que não venceria aquela prova. Por que não disputava a quinta ou sexta colocação? Lembram?

    Posted by Luiz Carlos Schneider | setembro 11, 2009, 15:38
  12. Piquet foi o melhor de todos. E piquezinho é aprova de que nem sempre filho de peixe peixinho é. Piquet (pai) é limão azedo, mas não mau caráter. O filho, porém, aceitou fazer uma merda dessa e devo dar parabéns porque é brasileiro? Brasileiro de merda, como Lulla e suas cagadas e qualquer que dê às costas à ética.

    Posted by LesPaul | setembro 11, 2009, 20:07
  13. Pera aí LesPaul, Lulla é analfabeto e não sabe de nada. Tem bom coração, perdoando Collor e Sarney.

    Posted by Eugenio | setembro 12, 2009, 05:31
  14. Eugenio, vc tem razão. quanta ingenuidade a minha.

    Posted by LesPaul | setembro 12, 2009, 21:35
  15. Mas então espero que também não admires o Schumacher, nem defendas o Alonso, o Hamilton, todos safados, só pq não são brasileiros.

    É tudo combinado, assim como no futebol como disse o outro lá… Pois aparecer denúncias assim só vão fazer melhorar o esporte. Pelo menos os caras vão ter que fazer mais escondidinho, pra gente não ficar com essa cara de otário.

    Posted by Borba | setembro 14, 2009, 09:33

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos