// você está lendo...

Prefeitos

Piruetas do Piriquito

O prefeito de Balneário Camboriú, que atende pelo emplumado apelido de Piriquito (PMDB), odeia as aves bicudas que o antecederam na prefeitura, os tucanos.

No dia 20 de julho, o município completará 45 anos de emancipação. O número, como sabemos todos, corresponde ao registro eleitoral do PSDB. E aí o prefeito Piriquito subiu nas tamancas. A primeira vontade de sua Excelência, do alto da medíocre politiquinha provinciana da numerologia, era não comemorar o aniversário este ano. Mas parece que foi desaconselhado.

Hoje chegou às redações uma nota da prefeitura, falando sobre a programação do aniversário e fazendo malabarismos e piruetas pra não citar, de jeito nenhum, o 45.

Fala que o município fará mais um aniversário e que foi criado em 1964. Até aí é fácil. Mas começa a complicar porque é tradição que todo ano seja feito um casamento coletivo com o número de casais igual ao do aniversário. Escreveram, então, que 90 pessoas vão casar (claro, não podiam dizer que seriam 45 casais).

Outra tradição dos aniversários: um bolo com o comprimento dos anos de vida municipal. Como não podiam falar que o bolo terá 45 metros, sairam-se com um bolo de “450 cm” (um erro, porque na verdade o bolo terá 4.500 cm).

Juntem-se a essa maiúscula preocupação com o besteirol aritmético, outros atos de igual irrelevância, como a troca das cores em alguns impressos oficiais (sai o azul do PSDB, entra o verde do… Piriquito) e a mudança do número de telefone da prefeitura (que era 4545, demonstrando que os tucanos também eram chegados a uma tolice).

A política municipal tem lá a sua graça, né não?

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

  1. Tio Cesar, é sério isso aí?
    Isso é idéia de imbecil, gente pequena, que não deveria administrar é nada.
    Em tempo, não simpatizo nem de longe com o PSDB.

    Posted by Wilmor Henrique | julho 14, 2009, 20:59
  2. O prefeito de Palhoça, o Reinério, usa o 15 pra tudo que faz no município. Era (não sei se ainda é) a data de vencimento do IPTU, o número de brindes sorteados entre quem pagava não-sei-o-quê em dia, e por aí vai. Lembro que o (des)governo do estado também fazia isso. Em agosto de 2003, o LHS resolveu que o funcionalismo público passaria a trabalhar apenas à tarde. A medida passou a valer no dia 15, uma sexta-feira. Além da estranheza de uma medida dessas passar a vigorar numa sexta, o governo ainda fez uma propaganda na TV anunciando o dia com um número 15 muito, mas muito maior que o restante da mensagem. Portanto, o Piriquito tem em quem se espelhar.

    Posted by Marcelo de Oliveira Santos | julho 15, 2009, 08:44
  3. O Wilmor leu a minha mente… imbecil foi a palavra que me veio na cabeça. Impessoalidade é o que há…

    Posted by Aline | julho 15, 2009, 08:46
  4. Poderiam ter sido um pouco mais criativos. Por exemplo, fazendo 3 bolos com 15 metros! Ou dizer que a cidade estaria fazendo o seu terceiro baile de debutante… O slogan poderia ser ” Comemorar 15 anos já é muito bom. Comemorar 3 vezes 15 é melhor ainda!”

    Posted by julian | julho 15, 2009, 17:19
  5. To com o Julian, arrombassi nego. És um genio. mto boa ! hehe

    Posted by Jackson | julho 16, 2009, 08:08

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos