// você está lendo...

Pérolas do DOE

Ideli recorre da punição

A assessoria de imprensa da senadora Ideli Salvatti enviou algumas explicações, a propósito da publicação, no Diário Oficial do Estado (e aqui no blog), de seu nome numa lista de punidos pelo Detran-SC:

“Não era a senadora Ideli Salvatti a motorista do carro que recebeu a multa causadora da punição que o Detran-SC lhe impôs, com suspensão por dois meses de seu direito de conduzir. O carro multado, de propriedade da senadora, na ocasião era conduzido por um assessor e ela não estava no veículo. Além disso, a multa não foi recebida pela senadora em seu endereço residencial, o que a impossibilitou de tomar conhecimento e contestá-la naquele momento. Por esses motivos, a senadora protocolou o recurso em 04-05-2009. Sendo assim, mesmo que o Detran-SC tenha publicado a decisão no Diário Oficial, a punição foi devidamente contestada e o recurso ainda não foi julgado.”

ATUALIZAÇÃO DA MANHÃ DE QUINTA

Ontem, quando o Cláudio Schuster ligou pra dizer que enviaria o texto acima por e-mail, esqueci de perguntar, distraído que sou, quantas multas o Detran afirma que a senadora tem, para anunciar tão drástica punição. Lendo o texto com atenção, contudo, as pulgas se assanharam ainda mais, atrás das minhas enormes orelhas: que tipo de multa é essa (ali fala no singular, pois não?), que dá 21 pontos e suspende a carteira? É possível, porém que a senadora estivesse quase chegando lá e aí apareceu uma última multa, entornando o caldo…

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

  1. Já era ela que estava no volante da Pajero do dono do Golden Bingo quando teve aquele acidente em que colocou coleira né.

    Posted by amilton alexandre | junho 24, 2009, 18:26
  2. E a “marolinha” da gripe H1N1, chegando com toda força no país. Havera´Tamiflu para todos os contaminados? E hospitais para os casos graves?

    Posted by Lucia Maria | junho 24, 2009, 19:09
  3. Quando recebeu a notificação da multa poderia ter “passado” a mesma para o condutor. Se não o fez deve(ou deveria) arcar com a responsabilidade.
    Mas nada vai acontecer mesmo. Talvez um dia a lei seja aplicada para todos.

    Posted by Wilmor Henrique | junho 24, 2009, 19:26
  4. Pelo que disseram, Wilmor, ela não recebeu a notificação.

    Posted by Cesar Valente | junho 24, 2009, 19:34
  5. Ideli gosta mesmo é de café perto do Corpo de Bombeiros. Torrou um grana lá!
    Veja lá em casa.

    Posted by Tambosi | junho 24, 2009, 20:12
  6. Claro tio, eu esqueci que a turma de cima nunca recebe notificação de nada, nem de multa, nem da justiça, acho que eles nunca assinam recibo de nada.
    É bem provável que muitos nem lembram mais(os que algum dia souberam) como escrever o próprio nome.
    “Tamo” bem representados.

    Posted by Wilmor Henrique | junho 24, 2009, 20:21
  7. Ave, César!
    Ela pode estar cercada de todo um aparato e assessorada por um exército de vigilantes, cheios de zelo por sua futura candidatura, a ponto de responder às colocações deste blog, sem qualquer demérito para este. Mas… O recente passado a condena e decreta sua inegibilidade, até mesmo para síndica do seu condomínio. A cega defesa que fez do indefensável, (por obrigação de ofício?), no fétido senado federal, ( quem assistiu sabe do que falo) me faz “esquecer” de lhe confiar meu voto, assim como ela esqueceu seus antigos votos de educadora/professora. Ela, agora é governo, eu continuo povo. E mando um aviso aos seus atentos assessores: parem de mandar suas propagandas no meu e-mail de trabalho, que não os autorizei. Aliás, gostaria de saber onde obtiveram meu endereço

    Posted by waltamir | junho 24, 2009, 21:49
  8. Agora põe na conta do assessor… assim é fácil brincar de política!

    Põe na conta do papa!

    Posted by Alexandre | junho 25, 2009, 00:03
  9. Cesar!

    Assim como Lula, Sarney; agora a Senadora Ideli também não sabia de nada. É muito fácil se isentar das responsabilidades e culpar os outros quando se possui “impunidade” parlamentar. Na verdade, o País precisa acordar para acabar com essa farra que tomou conta de Brasília.

    Posted by Frederico Brum | junho 25, 2009, 10:38
  10. Cesar, é provavel que a Ideli não tenha mesmo recebido pessoalmente a notificação do Detran, pois é remetida, via correio, para o endereço residencial. Como a mesma mora em Brasilia e Floripa, e como o correio não trabalha aos sábados nem domingos, é possivel que a notificação tenha sido entregue a qualquer morador de seu endereço, ou teria sido colocada na caixa do correio. Eu tambem nunca recebi pessoalmene notificações, mas ao longo desses anos, tres delas chegaram na caixinha do correio e tive que assumir

    Posted by Belmiro | junho 25, 2009, 15:18
  11. Algumas considerações.

    1 – é obrigação do indivíduo manter endereço atualizado. Se não o faz, não pode alegar desconhecimento e tem sim que pagar a multa e aceitar os pontos sem reclamar.

    2 – A multa enviada tem assinatura de alguem. Em prédio é comum o porteiro/zelador assinar o recebimento. E isso é permitido por lei, afinal ele é seu funcionário. Se ele nao lhe repassar a multa, é problema seu. O detran fez a parte dele.

    Ou seja, isso ai não passa de xurumela. conversa pra boi dormir.

    Posted by daniel bernard | junho 26, 2009, 12:28

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos