// você está lendo...

Deputados

Paulo Bauer, um pioneiro!

A festinha. Foto: Gazeta de Joinville. Clica que amplia.

Foto: Gazeta de Joinville. Clica que amplia.

Um leitor chamou a atenção para uma história antiga, de 2006, envolvendo o então deputado Paulo Bauer (PSDB), com um assunto que só agora passou a merecer manchetes nacionais: a farra das passagens. Na época, ele promovia festas em Joinville (foto acima) e Jaraguá do Sul, seus redutos eleitorais, onde a principal atração era o sorteio de viagens a Brasília para radialistas e jornalistas. Naturalmente, “sobras” da cota de passagens a que o deputado tinha direito.

O jornal Gazeta de Joinville registrou o caso na época e agora recuperou o assunto, para reavivar a memória dos leitores.

Olha só o que diz o jornal:

“Depois de publicada a denúncia por essa Gazeta, outros veículos de comunicação de circulação nacional, como o jornal O Globo e a revista Veja, também noticiaram a farra de Bauer. Ainda em 2006, nossa equipe de reportagem foi a Brasília para ouvir o então presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, Ricardo Izar (PTB- SP), falecido em 2008. Na ocasião, Ricardo foi taxativo ao saber da atitude do deputado Paulo Bauer. “Eu achei que foi uma atitude infeliz do deputado em sortear passagens”, comentou.”

Nos arquivos do jornal Correio do Norte, de Canoinhas, encontrei a informação que 2006 era o terceiro ano em que o deputado “homenageava os amigos da imprensa” (o texto usou informações da Gazeta de Joinville e do jornal Absoluto):

“Há três anos Bauer oferece uma refinada festa para a imprensa, na qual sorteia as passagens, esperada com ansiedade por alguns. Neste ano, o evento aconteceu no restaurante Piazza Itália, um dos mais requintados da cidade. A confraternização não foi para divulgar nenhum projeto, ou ação do deputado, mas simplesmente para “homenagear os amigos da imprensa” como descrito no convite, que leva o timbre da Câmara dos Deputados. Já na entrada da festa a assessoria do deputado assinalava na lista de convidados os que iriam concorrer às passagens, hospedagem, alimentação e translado em Brasília.

Entre os presentes, diversos radialistas e jornalistas conhecidos em Joinville. Ao todo, foram 100 participantes, dos 150 esperados. Bauer também faz sorteios de passagens em evento semelhante no vizinho município de Jaraguá do Sul, também seu reduto eleitoral. Antes de iniciar o sorteio, o deputado ironicamente pediu voto para sua reeleição. “Agora um detalhe heim? Como a viagem é em maio, quem for tem de levar junto o título de eleitor, dar o número do título e a zona”, disse ele, que diante dos risos dos convidados, arrematou: “Não vem querer fazer essa sacanagem comigo. Viajar e não votar no Paulo Bauer, aí não dá meu!”. Durante a entrevista, Bauer coloca ainda mais polêmica no ventilador. “Dizem que tem deputado que usa para passear no exterior, já eu prefiro distribuir para amigos”, declarou diante do gravador.”

Na mesma reportagem (de 16 de maio de 2006), lê-se a posição da Federação Nacional dos Jornalistas:

“A prática é condenada pelo presidente da Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas), Sérgio Murillo de Andrade. “É jabá da pior espécie. É crime de corrupção ativa e também passiva, para quem se beneficia dessas benesses. Está mais do que na hora dos políticos pararem com esses tipos de “regalos” para a imprensa. E já passou da hora dos jornalistas pararem de aceitar. Para uma profissão que está em busca de uma valorização, esta prática condenável, é um grande retrocesso” diz indignado.”

Não encontrei a lista completa dos coleguinhas premiados, mas o blog da Gazeta cita alguns nomes:

“Entre os convidados para a festança de Bauer, disputavam as passagens velhos conhecidos de programas matinais, entre eles Toninho Neves, Beto Gebaili, Osman Lincoln e Luiz Veríssimo, este último um dos mimados com uma das passagens para Brasília.

Os presentinhos rifados contemplaram também o sócio administrativo da Rádio Colon FM, Juracy Ribeiro, que é patrão de Veríssimo e Toninho Neves.”

Taí, tem razão LHS quando diz que Santa Catarina é um estado pioneiro. Enquanto só agora o Brasil se escandaliza com o uso das passagens pagas com dinheiro público, por aqui o escândalo começou antes. Mostrando que criatividade, empreendedorismo e pouca vergonha sempre dão bons resultados.

Discussão

Comentários estão desativados para este post.

  1. E as fartas festas oferecidas pelo nobre deputado/secretário no Bar do Pirata, na Praia Brava, en Florianópolis, ainda continuam?

    Posted by Roberto Gusmão | abril 30, 2009, 07:13

Posts recentes

O fim de uma era
23 de maio de 2014, 17:27
Por Cesar Valente
E aí? Abandonou o blog?
6 de maio de 2014, 17:46
Por Cesar Valente
Brasília real aos 54 anos
28 de abril de 2014, 22:12
Por Cesar Valente
Beleza e crueldade
28 de abril de 2014, 22:01
Por Cesar Valente
A semana dos enigmas
17 de abril de 2014, 8:09
Por Cesar Valente

Arquivos